Ceres Art

Frida Kahlo e o que suas obras dizem.

Frida Kahlo foi uma mulher inspiradora, assim como sua história de vida. Apesar de ter tido uma trajetória um tanto conturbada, ela deixou obras muito fascinantes e cheias de personalidade.

Esse post é dedicado a contar um pouco sobre Frida e sobre algumas curiosidades envolvendo suas obras. Vamos lá?

curso história da arte

A vida de Frida Kahlo

Magdalena Carmen Frida Kahlo y Calderon foi uma artista muito importante no século XX e deixou suas marcas para além de sua época. Ela nasceu no México, no ano de 1906, e sempre deixou transparecer muito de sua cultura não só na maneira como se vestia, mas também em suas obras.

Frida teve poliomelite na infância, o que deixou sequelas, sendo esse apenas o primeiro dos obstáculos que enfrentou no decorrer de sua vida. Apesar de nessa fase já demonstrar interesse pelo meio artístico, foi somente na adolescência que começou a pintar.

Aos 18 anos, Frida Kahlo sofreu um acidente em que um caminhão atingiu o bonde onde ela estava, tendo seu corpo atravessado por uma barra de ferro. Depois disso, a artista ficou imobilizada por um longo tempo e passou por pelo menos 30 cirurgias.

Por conta de o único ambiente que frequentava ser seu próprio quarto, seu pai, que era fotógrafo, adaptou um cavalete à sua cama e colocou um espelho em que Frida podia se enxergar. Foi aí que começou a pintar seus tão conhecidos autorretratos.

Frida Kahlo
Autorretrato com vestido de veludo – Frida Kahlo

Frida Kahlo passou por diversas outras situações que a inspiraram para pintar outras tantas obras. Então, em 1939 fez sua primeira exposição individual, em Nova Iorque. Foi aí que começou a ficar internacionalmente conhecida.

Apesar de alguns críticos apontarem seu estilo de arte como surrealista, Frida dizia que sua arte, na verdade, mostrava a realidade de sua vida, e não sonhos.

O que suas obras dizem?

Como ela mesmo deixou claro, suas obras era fruto da realidade que passava. Por isso, as pinturas de Frida Kahlo têm significados fortes e até chocantes em alguns casos. Para que você possa entender um pouco mais do que se trata, trouxe algumas obras de Frida para mostrar o que elas dizem:

Frida kahlo - O bonde
O bonde – 1929

Essa pintura, chamada “O bonde” remete ao seu acidente que aconteceu enquanto estava com o namorado da época em um bonde, quando foram atingidos por um caminhão. Como mencionei anteriormente, foi esse acidente que fez com que sua vida mudasse completamente.

Hospital Henry Ford – 1932

Frida Kahlo sempre sonhou em ser mãe. Apesar disso, passou por alguns abortos espontâneos que a impediram de realizar seu sonho. Essa imagem representa um de seus abortos que aconteceu no Hospital Henry Ford (motivo do nome da obra).

A artista já havia tido algumas complicações na gravidez e, por isso estava de repouso, mas mesmo assim, a gravidez foi interrompida.

Unos Cuantos Piquetitos -1937

Essa imagem representa um caso que marcou Frida, em que um homem matou sua esposa à facadas e se justificou ao juiz, na esperança de ser absolvido, dizendo que ele havia feito apenas uns pequenos cortes na mulher.

O veado ferido Frida Kahlo
O veado ferido – 1946

Essa obra de Frida representa como ela se sentia: apesar de ferida de várias maneiras, ela se permanecia em movimento e lutando para seguir em frente.

Adicionar um comentário

Deixe uma resposta

Siga nosso Instagram

Invalid OAuth access token.

Receba nossos conteúdos no seu email

Inscreva-se e receba novidades do nosso blog, promoções da galeria, informações de cursos e mais.