Ceres Art
história em quadrinhos

História em quadrinhos: como criar a sua?

A maioria das pessoas cresceu lendo História em quadrinhos. E não é pra menos, até porque quem não adora esse tipo tão divertido de narrativa, não é mesmo?

Se você é amante de HQ, mas cansou de só ler, e quer começar a fazer as suas próprias, continua nesse artigo que vou te ensinar como fazer!


Você  vai ver nesse Post:



Elementos básicos para criar a História em Quadrinhos

Os princípios básicos para começar a criar uma História em quadrinhos são simples. Para começar, separei alguns dos principais elementos que são usados em qualquer HQ:

Requadro

Esse é uma característica muito básica das Histórias em quadrinho, e você provavelmente já deve ter reparado. Os requadros são as linhas que delimitam o espaço de cada quadrinho, como uma moldura.

Os requadros podem ser quadrados, retangulares, circulares, ou até mesmo invisíveis. Essa questão fica por conta da criatividade do autor, e da mensagem que ele quer passar.

Calha

A calha é o espaço que existe entre os quadrinhos. Em alguns casos ela pode representar o espaço de tempo entre um quadrinho e outro.

Ou seja, quando há mais espaço de calha, há um maior espaço de tempo entre um quadrinho e outro. Já quando o espaço da calha é menor, o tempo entre os quadrinhos é menor também.

Imagem

O desenho (ou imagem), é um elemento imprescindível na história em quadrinhos. Porque é através dele que você pode representar o cenário, os personagens, as expressões físicas e toda a ambientação da história.

Balão

Os balões são usados para representar as falas ou os pensamentos dos personagens. Eles também tem suas características próprias.

Por exemplo, o balão mais “rabiscado” representa que o personagem está gritando. Enquanto o balão no formato de nuvem, é conhecido por representar o que o personagem está pensando ou imaginando.

Outra característica dos balões é que eles sempre tem um rabicho apontando para o personagem que está com a fala ou o pensamento.

Recordatório

O recordatório, diferente dos balões, não possui o tal rabicho. Ele é como um painel com alguma legenda para a história em quadrinhos. Geralmente o autor da HQ insere o recordatório para inserir na história, algo que não é possível visualizar somente com a imagem.

Onomatopeia

Sabe aquele som ambiente que é super importante para a história? É a onomatopeia que introduz ele nos quadrinhos. Alguns exemplos são o som de espirro: “ATCHIM!”; o som de explosão: ” BOOM”; ou o som de alguém batendo na porta: “TOC TOC”.

Criando a história em quadrinhos

Agora que você já conhece os elementos básicos de uma história em quadrinhos, vou te mostrar como criar a sua:

  1. Crie os personagens

    Para criar os personagens em uma história em quadrinhos, você pode esboçar os personagens e depois construir uma personalidade para ele.

    Ou você pode também, iniciar imaginado a personalidade e motivações de vida, e a partir disso, criar a imagem e aparência do personagem.

    Depois de ter o esboço, é hora de começar a criar desenhos de cada personagem nas mais variadas posições e com todas as expressões possíveis. Um ponto muito importante depois de criar, é não esquecer de treinar.

    Quanto mais você treinar, mais consistente seus personagens vão ficar, o que é muito importante para evitar confusão nos leitores.

    Depois que você já estiver craque no desenho, conheça o seu personagem profundamente. Nessa parte deixe a sua imaginação fluir. Imagine a fundo como é a personalidade dele, qual sua história, pelo que passou na vida que o fez chegar até o ponto da história… Enfim, crie uma bagagem para ele.

  2. Desenvolva o enredo

    Aqui, o primeiro passo é apresentar o protagonista da história. Ou seja, o personagem principal. Sabe aquela história que você criou para seu personagem? Pois bem, é hora de contar para os leitores.

    É importante contextualizar as pessoas, lembrando que para você pode até parecer óbvio. Mas para quem está lendo ainda é o primeiro contato com todo o enredo.

    Ao descrever o personagem, faça com que ele seja atrativo e com que as pessoas se envolvam com ele. Quando digo envolver, pode ser tanto criar um sentimento bom para com o personagem, quanto criar um sentimento ruim. Isso vai depender de como será o restante do enredo.

    Depois de introduzir o protagonista, crie o momento do ponta pé inicial da história em quadrinhos. Conte como tudo começou: o que aconteceu? Ou por que? E o que vai mudar?

    Com isso, faça com que esse personagem entre em uma aventura. Ele deve ter que resolver algo, atingir alguma meta ou chegar a algum lugar. Desta parte em diante, é o momento de adicionar à história, todos os eventos desde o primeiro conflito até o clímax.

    Uma boa dica para manter o leitor interessado, é fazer um certo suspense durante a HQ. Assim ele se mantém curioso, e com vontade de continuar lendo mais e mais!

    Depois do clímax, é o momento que tudo vai voltando aos eixos, e a história vai se concluindo. Quando você acabar, sentir que fez um bom trabalho, e que a sua história em quadrinhos é empolgante de verdade, é porque você definitivamente montou o seu enredo.

  3. Comece a montar os quadrinhos

    Com os personagens criados e o enredo desenvolvido, é só passar tudo para os quadrinhos!

    Primeiro decida quantas páginas a sua história em quadrinhos vai ter. Esse não é um trabalho aleatório. Para isso é só analisar o seu enredo e perceber em quantas páginas ele vai se encaixar melhor. Assim você evita que sua HQ fique muito grande ou muito curta, como um rascunho geral.

    Depois de definir a quantidade de páginas, defina quais quadros são mais relevantes e merecem mais destaque, e quais podem ser menores. Em seguida vá desenhando os quadrinhos e fazendo sua distribuição no decorrer das páginas.

    Sua história em quadrinhos já vai começar a ganhar forma! Com as páginas e os quadros distribuídos, está na hora de começar a inserir os balões e os recordatórios.

    É importante fazer essa parte antes de começar os desenhos, pois assim, você evita que falte espaço para adicionar as falas que você tanto queria depois.

    E finalmente chegou o momento mais esperado: começar a desenhar! Desenhe os personagens da história toda, e no fim, depois de dar aquela bela revisada, volte para desenhar os cenários e os detalhes que faltaram!

    Para finalizar com chave de ouro, e dar um ar mais profissional à sua história em quadrinhos, finalize a arte com caneta nanquim. Além de deixar o desenho mais bonito, vai dar uma durabilidade muito grande aos seus desenhos.

  4. Escolha o título

    A história em quadrinhos já está pronta, mas ainda falta escolher o título que ela vai ter. Para isso, analise a história e pense em um título que faça sentido com ela, e que ao mesmo tempo chame muita atenção de quem ler.

Sites para criar História em quadrinhos online

Esse passo a passo não é útil só para quem quer desenhar a história em quadrinhos manualmente. Mas é útil também, para quem quer fazer online.

A linha de raciocínio a seguir é basicamente a mesma: crie os personagens, desenvolva o enredo, monte os quadrinhos e, por último, escolha o título. A única diferença é que você não vai precisar fazer tudo isso à mão.

Trouxe alguns sites que permitem que você monte sua HQ online, que tal conferir?

  • Pixton: O Pixton permite criar história em quadrinhos online, sem instalar nada no seu computador. Ele tem a versão por diversão (para quem quer montar sua própria HQ) a versão para escolas e a versão para empresas. Para começar é só se cadastrar no site.
  • ToonDoo: O ToonDoo também possui uma versão pessoal e outra para instituições. Ele funciona basicamente da mesma forma que o Pixton, mas além de escolher os personagens e o cenário, você pode desenhar e abusar da sua criatividade por lá.
  • Canva: No Canva você vai encontrar alguns modelos curtos de tirinha. Se a ideia é fazer uma história em quadrinhos grande e complexa, esse não é o melhor site, já que ele te da menos possibilidades que os outros. Mas para fazer tirinhas curtas e com um layout bonitinho, ele é o site perfeito!

Agora que você já sabe tudo sobre história em quadrinhos, não tem mais desculpas. É hora de colocar a mão na massa e começar a criar as suas histórias!

Adicionar um comentário

Deixe uma resposta