Ceres Art

Renascimento: quais são as características e o contexto histórico?

O Renascimento é marcado por um período histórico de grande desenvolvimento não só artístico, mas também filosófico e científico. Esse desenvolvimento aconteceu entre os séculos XIV e XVI e marca uma intensa busca por mais e mais conhecimento.

Que conhecer melhor esse período tão importante da arte? Leia esse post e saiba tudo sobre a época Renascentista!

curso história da arte

Contexto histórico do Renascimento

No Renascimento, ocorrido entre os séculos XIV e XVI, a filosofia moral do homem se deslocava da religião para o homem. Isso quer dizer que surgia o humanismo conhecido também, como antropocentrismo.

Essa mudança de pensamento em que o homem é visto como o centro do universo caracteriza a passagem da Idade Média para a Idade Moderna. Nesta época, o retorno da vida nas cidades estava acontecendo, então a arte foi muito patrocinada e incentivada pelos burgueses e pelos nobres, que queriam mostrar poder e status.

Esse “patrocínio” se dava porque os muitas pinturas de retratos e muitas esculturas eram encomendadas aos artistas pela população que era detentora de maior poder aquisitivo.

É importante destacar que o Renascimento surgiu na Europa e foi difundido principalmente nos estados mais ricos da Itália, como Florença, Roma, Veneza e Frandles.

As três fases do Renascimento

O período do Renascimento é marcado por 3 fases: o Trecento, o Quattrocento e o Cinquecento.

Trecento

O Trecento aconteceu no século XIV e foi um período de grande mudança cultural, passando da cultura medieval para a Renascentista. Nessa fase os pensamentos ainda eram mesclados entre humanismo e religiosidade.

Quattrocento

Já na fase do Quattrocento, que ocorreu no século XV, era possível perceber fortes aspectos da cultura greco-romana, que era caracterizada pela mitologia e personagens da literatura clássica. Além disso, foi nessa época que começou-se a utilizar a pintura a óleo nas obras que apresentavam perfeição estética misturando o moderno com o clássico.

Cinquecento

O Cinquecento é a última fase do Renascimento e aconteceu no século XVI. Foi nesse período que houve uma conciliação entre temas profanos e temas religiosos, além de haver uma figuração do humanismo na literatura, pintura e escultura.

No Cinquecento o Renascimento se expandiu para outros países da Europa como a Holanda, a Espanha, Portugal, França e Alemanha.

curso de pintura

Principais características do Renascimento

Apesar de ter tido grande desenvolvimento na escultura e na arquitetura, uma das maiores contribuições do Renascimento está na pintura. Sendo assim, as principais características da pintura nesse período são:

  • Uso da perspectiva;
  • Uso do claro e escuro;
  • Realismo.

Esses elementos foram explorados e dominados em outros períodos, mas foi no final da Idade Média e no início de Renascimento que essas características começaram a ser mais fortemente exploradas.

Além dessas, outra característica muito marcante no período Renascentista é o fato de os artistas desenvolverem seus estilos pessoais, fugindo um pouco da ideia de arte a serviço da Igreja ou do Estado. Ou sejam começaram a elaborar suas técnicas, estilo e criatividade.

Por fim, os grandes nomes que vivenciaram esse período tão importante da arte foram:

Adicionar um comentário

Deixe uma resposta

Siga nosso Instagram

Invalid OAuth access token.

Receba nossos conteúdos no seu email

Inscreva-se e receba novidades do nosso blog, promoções da galeria, informações de cursos e mais.