Ceres Art
semana da arte moderna

O que foi a Semana da Arte Moderna?

A Semana da Arte Moderna foi a primeira manifestação coletiva e pública cultural na história do Brasil. O maior ideal dessa manifestação era o espírito moderno em oposição à, até então, cultura conservadora que era predominante no país.

Essa semana agregou muito à cultura e à arte brasileira, além de expressar uma linha de pensamento completamente nova para a época. Confira a seguir!

O que foi a Semana da Arte Moderna?

A Semana da Arte Moderna aconteceu no ano de 1922, entre os dias 13 e 18 de fevereiro. Como já é de se imaginar, essa manifestação no Brasil, foi quem deu visibilidade para um movimento completamente inovador para a época: o modernismo.

Embora a Semana da Arte Moderna tenha acontecido em 1922, desde 1910, algumas manifestações modernistas já aconteciam por aqui, mais especificamente, em São Paulo. Sendo assim, o modernismo alcançou outras partes do país somente após essa semana.

O evento é considerado por muitos como um divisor e águas na história da arte e da cultura brasileira. Isso porque grandes mudanças e transformações ocorreram a partir dele.

Até então, a cultura no Brasil, seguia um padrão visivelmente inspirado na cultura europeia, tanto nas artes plásticas, quanto na literatura, música, entre outros. E então, com a chegada do modernismo começou-se uma busca pela identidade brasileira nas artes nacionais, já que a cultura europeia não representava o povo brasileiro.

Enfim, a Semana da Arte Moderna foi um evento aberto ao público que aconteceu no Teatro Municipal de São Paulo. Lá foram expostas diversas obras criadas por artistas brasileiros, principalmente vindos de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Além das exposições, a semana contou com saraus, com apresentações de conferências, leitura de poemas, apresentações de dança e de música. Foi uma semana completamente voltada para a arte e para a cultura brasileira moderna.

curso história da arte

Quais são as principais características?

Tendo em vista que o principal objetivo da Semana da Arte Moderna era inovar e romper com a cultura conservadora e voltada aos ideias europeus, suas características envolvem novas maneiras de ver, sentir e expressar a arte. Veja a seguir:

  • Rompimento com o academicismo;
  • ruptura com o pensamento tradicionalista;
  • ausência do formalismo;
  • influências de vanguardas como cubismo, futurismo, expressionismo, surrealismo e dadaísmo;
  • grande liberdade de expressão;
  • utilização de uma linguagem mais coloquial.
  • experimentações estéticas e artísticas;
  • temáticas voltadas para a cultura brasileira;
  • valorização da identidade brasileira;
  • crítica ao modelo parnasiano.

Foi a junção dessas características expressas nas artes que chocou a sociedade e os artistas mais conservadores.

Quem participou da Semana da Arte Moderna?

Entre vários outros, alguns dos artistas que impressionaram a todos na Semana da Arte Moderna foram:

  • Mário de Andrade
  • Oswald de Andrade
  • Graça Aranha
  • Anita Malfatti
  • Tarsila do Amaral
  • Victor Brecheret
  • Plínio Salgado
  • Menotti Del Picchia
  • Ronald de Carvalho
  • Guilherme de Almeida
  • Sérgio Milliet
  • Heitor Villa-Lobos
  • Tácito de Almeida
  • Di Cavalcanti 

Em suma, incluindo música, dança, arte plástica, poemas e literatura, esses artistas que participaram da Semana da Arte Moderna modernizaram e inovaram na cultura brasileira!

Adicionar um comentário

Deixe uma resposta

Siga nosso Instagram

Invalid OAuth access token.

Receba nossos conteúdos no seu email

Inscreva-se e receba novidades do nosso blog, promoções da galeria, informações de cursos e mais.