Ceres Art
Tarsila do Amaral

Tarsila do Amaral: o melhor de sua carreira artística

Tarsila do Amaral foi uma pintora e desenhista brasileira muito importante e renomada. Suas obras mais conhecidas são do movimento modernista. Além de serem belas obras, elas têm muito o que nos dizer.

Quer conhecer um pouco mais dessa artista e de suas obras? É só continuar lendo esse post!

Quem foi Tarsila do Amaral?

Tarsila do Amaral nasceu no dia 1º de Setembro de 1886, no interior do estado de São Paulo. A artista veio de uma família com alto poder aquisitivo e, por isso, teve grandes privilégios quando se trata de educação, concluindo sua educação básica em Barcelona.

Foi na Europa, no ano de 1918, que Tarsila do Amaral aprendeu as primeiras técnicas de escultura, desenho e técnicas de pintura, inciando mais profissionalmente sua vida artística.

Alguns anos mais tarde, juntamente com Anita Malfatti, Oswald de Andrade, Mário de Andrade e Menotti Del Picchia, Tarsila participou de um grupo de artistas que ficou conhecido como o “Grupo dos Cinco” por promover diversas ações artísticas em São Paulo. Essas ações incluíam exposições, reuniões, festas, publicações em revistas, textos etc.

As preferências artísticas de Tarsila do Amaral incluíam cores fortes, belezas naturais, paisagens nacionais, a fauna e a flora e o povo brasileiro. Tanto que houve uma fase de sua trajetória, que ficou conhecido como Fase Pau-Brasil, que foi de 1924 até 1928.

As outras duas fases artísticas de Tarsila foram a Fase Antropofágica e a Fase Social. A Fase Antropofágica durou de 1928 até 1930. Foi justamente aqui que ela criou a obra Abaporu e também, criou o manifesto em que defendia o enaltecimento da cultura brasileira ao diminuir as influências Europeias das artes nacionais.

Inclusive, foi a partir daí que surgiu o movimento Antropofágico que tinha basicamente essa mesma intenção.

Já na Fase Social, como já é de se imaginar pelo nome, Tarsila do Amaral buscava expor temas de cunho mais social. Até porque, essa fase aconteceu justamente em uma época de sua vida em que Tarsila teve um movimento mais intenso com política (e 1930 a 1973).

Principais obras de Tarsila

Muitas obras de Tarsila do Amaral ficaram conhecidas durante toda sua vida artística. Por isso, elenquei aqui, as principais e mais renomadas que com certeza você já viu ou, pelo menos, ouviu falar:

  • Pátio, Com Coração de Jesus, 1921
Tarsila do amaral
  • Chapéu Azul, 1922
Tarsila do Amaral
  • Margaridas de Mário de Andrade, 1922
Tarsila do Amaral
  • Árvore, 1922
Obras
  • Figura Azul, 1923
Figura Azul, 1923 Tarsila do Amaral
  • A Negra, 1923
A Negra, 1923 tarsila do amaral
  • Auto Retrato, 1924
Tarsila do Amaral
  • Morro da Favela, 1924
Morro da Favela, 1924 
tarsila do amaral
  • O Pescador, 1925
O Pescador, 1925 tarsila do amaral
  • Abaporu, 1928
Abaporu, 1928 Tarsila do amaral
  • Antropofagia, 1929
Antropofagia, 1929 Tarsila do Amaral
  • Retrato do Padre Bento, 1931
Retrato do Padre Bento, 1931
  • Operários, 1933
Operários, 1933
  • O Casamento, 1940
O Casamento, 1940

É claro que existem diversas outras obras de Tarsila do Amaral. Afinal de contas, ela foi uma artista incrível e que acrescentou muito para a arte brasileira. Porém, resolvi mostrar aqui, algumas das que mais ficaram conhecidas, já que seria impossível mostrar todas.

Enfim, é possível ver claramente como sua arte mudou com o passar do tempo e de acordo com cada fase que passou. O único ponto inegável é o quanto sua arte é inspiradora, assim como ela foi inspiradora como pessoa.

Adicionar um comentário

Deixe uma resposta

Siga nosso Instagram

Invalid OAuth access token.

Receba nossos conteúdos no seu email

Inscreva-se e receba novidades do nosso blog, promoções da galeria, informações de cursos e mais.